Biblioteca - AHR

Busca
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Livros e Atelie da Palavra

Bem vindo à nossa biblioteca. Aqui você encontrará uma seleção de livros destinada a contribuir para enriquecer ainda mais seus conhecimentos. Faremos atualizações periódicas com novos títulos, que serão sinalizados com o sobrenome do autor -  lado esquerdo da tela - ressaltado pela cor azul. Nosso critério de seleção prioriza livros indicados por pessoas que privilegiam a leitura, independentes de serem lançamentos ou não. Alguns títulos poderão estar esgotados e só serão possivelmente encontrados em lojas de livros usados. Garimpe e boa leitura.


Medo Líquido
Zigmund Bauman
Zahar Editor


No início do século XXI, o medo generalizado está de volta. Tememos catástrofes naturais, a violência das grandes cidades, o terrorismo, o desemprego, a rejeição amorosa. Vivemos sob ansiedade constante e a ameaça de perigos que podem se tornar realidade a qualquer momento, em qualquer lugar. "Medo Líquido" mais uma obra reveladora do grande pensado da atualidade Zygmunt Bauman.

Bauman

Cogitações
W. R. Bion
Editora Imago


Cogitações abrange um período que vai de Fevereiro de 1958 até Abril de 1979, abarcando um amplo material - psicanálise e ciência, matemática e lógica, literatura e semântica. Alguns escritos formam o pano de fundo do desenvolvimento teórico de Bion, mostrando as dúvidas e discussões que conduziram às idéias expressas em seus livros; outros, iluminando e detalhando alguns dos pontos mais abstratos destes mesmos livros; e alguns, explorando tópicos para livros que permaneceram sem ser escritos.

Bion

O Processo Criativo
Claudio Castelo Filho
Editora Casa do Psicólogo


Como surgem as obras de arte, da literatura, da música? Como aparecem as teorias científicas? O que é o processo criativo?Ao mesmo tempo que surgem gênios criativos e inovadores, eles são percebidos como ameaças ao establishment e despertam o medo da desordem.O autor propõe uma nova concepção para a função das artes e das ciências. Faz um profundo esclarecimento da evolução do pensamento psicanalítico e suas teorias (sobretudo com Freud, Klein, Bion e desenvolvimentos originais do autor), esclarecendo a relação entre a experiência emocional e a capacidade para criar e pensar.O livro é do interesse tanto de psicanalistas, psiquiatras e psicólogos quanto de artistas, escritores, músicos, sociólogos, filósofos e cientistas em geral.


Castelo F.

A Teoria do Amadurecimento de D. W. Winnicott
Elsa Oliveira Dias
Editora Imago


... Embora Winnicott tenha sempre insistido no caráter central da teoria do amadurecimento, ele não chegou a fazer dela uma apresentação sistemática ou organizada. O único livro que mais claramente oferece uma apresentação global do processo de amadurecimento é Natureza Humana (1988), que permaneceu inacabado. Com exceção deste, concebido para ser uma obra, os livros de Winnicott são coletâneas de artigos avulsos, escritos originalmente comoconferências para diferentes platéias. tudo isso tornou difícil a apreensão da unidade de seu pensamento. O objetivo deste livro é apresentar, de maneira unitária e organizada, os principais elementos conceituais da teoria do amadurecimento, explicitando seus pressupostos e descrevendo os estágios do processo, com suas respectivas tarefas e conquistas.

Dias

O Eclipse do Corpo
Armando B. Ferrari
Editora Imago


O Eclipse do Corpo se propõe como uma hipótese psicanalítica que chama a atenção para a importância e o papel da "fisicidade". Com efeito, até agora, nos estudos psicanalíticos, o discurso se tem orientado de preferência para temáticas inerentes à mente, deixando a fisicidade na sombra.A hipótese sustentada neste livro pretende, ao contrário, recompor a dualidade ontológica de corpo e mente que se caracteriza o ser humano, identificando no corpo o limite da mente, além de seu aspecto fenomênico. Mais que tornar-se uma nova hipótese a ser acrescentada às muitas e importantes teorias já disponíveis, o objetivo de O Eclipse do Corpo é organizar os conhecimentos psicanalíticos, colocando-os num campo epistemológico utilizável pela pesquisa, sobretudo em função da intervenção clínica. Nesta ótica, a significação das emoções adquire um releve particular.


Ferrari

Técnica e Criatividade
Antonino Ferro
Editora Imago


Os temas mais atuais do campo da técnica psicanalítica, como aqueles da modalidade interpretativa, do fim de análise, da contribuição dos dados do paciente em cada estágio da análise, são aqui aprofundados através do uso do material clínico, o mais importante instrumento de comunicação capaz de evitar a dificuldade de entendimento.O onírico é considerado o momento básico do trabalho psicanalítico. O onírico vai além do sonho, está presente como contínua atividade da mente e que consente se transformar em pensamento e emoção que estimula tanto o mundo interno quanto o externo.


Ferro

A Interpretação dos Sonhos
100 anos – edição comemorativa
Sigmund Freud
Editora Imago


Dentro do vasto conjunto dos trabalhos de Sigmund Freud, A Interpretação dos Sonhos destaca-se como obra inequivocamente axial. Em 1931, no prefácio à terceira edição inglesa dessa obra, seu autor escreveu: "Este livro, com a nova contribuição (1900), permanece essencialmente inalterado. Contém, mesmo de acordo com meu julgamento atual, a mais valiosa de todas as descobertas que tive a felicidade de fazer. Um discernimento claro como esse só acontece uma vez na vida". Assim, o próprio autor já apontava para a posição central e fundamental que a A Interpretação dos Sonhos ocupa dentro da ciência psicanalítica.


Freud

Psicanálise Contemporânea
André Green (org)
Editora Imago


Há cem anos, consciente da importância de sua descoberta para a civilização, Sigmund Freud procurou reunir em torno de si os portadores de sua mensagem. Busca problemática, encontrar tais pessoas: alguns dos prmeiros discípulos preferiam sua clientela à multidão estrangeira, outros transformaram a mensagem e não difundiram a sua própria, outros ainda repetiam uma palavra que eles acreditavam ser fiel, mas à qual faltava os elementos essenciais. a mensagem freudiana é sobretudo movimento, fundamenta-se sobre a respiração da mente e suas inflexões. Querer fixá-la a altera definitivamente. A essência da psicanálise se transmite primeiramente pela análise do futuro analista, que nunca se completa (...)

Green

Carta a D.
André Gorz
Editora Cosac Naify


Em torno da casa onde queria envelhecer com Dorine, ele plantou duzentas árvores. Sim, era preciso tornar o planeta acolhedor: Aquela casa era mágica. (...) Na primeira noite, nós não dormimos. Um escutava a respiração do outro. Depois um rouxinol se pôs a cantar, em um segundo, mais longe, a lhe responder. (...)


Groz

A Conquista
Rubens Marchioni
Qualitumark Editora


A Conquista. Um desafio para você treinar a criatividade enquanto amplia os conhecimentos é polivalente. Visto por um ângulo, pode-se pensar que ele foi feito para ser utilizado em sala de aula. É que os textos são recomendados para cursos nas áreas de Administração de Empresas, Comunicação Mercadológica, Criatividade, Marketing, Marketing Pessoal, Propaganda, Relações Públicas, Treinamento, apenas para citar algumas possibilidades. Mas a obra foi escrita para ser lida e aplicada onde quiser: em casa, na empresa, na escola, sem nenhuma limitação. (...)


Marchioni

Criatividade - Redação - O que é, como se faz
Rubens Marchioni
Edições Loyola


Como desenvolver a criatividade e escrever melhor? Esta pergunta povoa a cabeça daqueles que em algum momento depararam com o desafio de comunicar-se por escrito e obter o resultado desejado. As respostas estão aqui. Elas são resultado de 33 anos de experiência de Rubens Marchioni, um redator que pesquisa os métodos utilizados pelos profissionais que vivem da escrita em todo o mundo. Ensina a estudantes, executivos e líderes religiosos a arte da comunicação, transformando pessoas sem experiência em redatores criativos e convincentes. E agora reúne todos os seus conhecimentos e habilidades neste livro. Na primeira parte, conduz o leitor a descoberta do potencial criativo. Na segunda, mostra como transformar idéias em textos agradáveis e precisos. Tudo para colocar à disposição do leitor as técnicas mais inteligentes de criar e persuadir com assertividade e elegância em qualquer gênero literário.


Marchioni

O Silêncio na Psicanálise
J. D. Nasio
Zahar Editora


O mutismo da criança autista, as pausas do psicanalista, o paciente quase sem palavras e o processo silencioso do trabalho de luto são alguns dos temas tratados neste livro. J. D. Nasio reúne aqui exposições e debates realizados por profissionais de diversas correntes, além de textos clássicos da maior importância: de Theodor Reik, Sophie Morgenstern - apresentadopor Françoise Dolto - e Robert Fliess.
Uma extensiva bibliografia dos trabalhos psicanalíticos sobre o silêncio desde 1916 e trechos de Freud e de Lacan sobre o tema complementam esta obra, indispensável para profissionais da área e para qualquer interessado em psicanálise.


Nasio

Esta arte da psicanálise
//Sonhando Sonhos Não Sonhados e Gritos Interrompidos//
Thomas H. Ogden
Artmed Editora


O pensamento de Thomas Ogden tem estado na vanguarda da psicanálise há mais de 25 anos. Neste livro, com base na obra de Freud, Klein, Winnicott e Bion, ele explora a idéia de que a psicopatologia humana é uma manifestação de um colapso na capacidade do indivíduo de sonhar sua experiência. A investigação sobre o papel do analista de participar psicologicamente do sonhar do paciente é ilustrada em todo o texto com descrições elegantes e envolventes do trabalho clínico, provendo uma fascinante compreensão da experiência do analista.


Ogden

Para ler como um escritor
Francine Prose
Jorge Zahar Editor


"Para ler como um escritor" proporciona uma espécie de viagem visceral por obras-primas da literatura. Tem tudo de manual, de guia, de livro-texto orientado para quem está na posição de escritor aprendiz ou iniciante, assim como para quem deseja perceber a literatura com os olhos livres do escritor e nãoi com as lentes grossas do intelectual ou do ideólogo acadêmico. - Italo Mariconi


Prose

Sono & Saúde
Interface com a psicologia e a neurologia
Rubens Reimão e cols. (orgs.)


O sono é um processo que diz respeito a todos. Sonolência excessiva ao longo do dia, dificuldades para dormir, sono insatisfatório ou irregular são problemas que interferem na memória, no raciocínio, no humor, no desempenho físico e no relacionamento social.
O sono afeta inevitavelmente a vida das pessoas, mas os distúrbios do sono são pouco conhecidos.
Muitos profissionais na área da saúde buscam mais recursos para o atendimento aos distúrbios a fim de orientar aqueles que sofrem com noites mal dormidas.
É uma área interdisciplinar de estudos. O grupo de Pesquisa Avançada em Medicina do Sono do HC/MUSP que atua desde 1977 e vem sendo classificado permanentemente como equipe de alta produtividade pelo CAPES, responde ao desafio de acrescentar novos trabalhos a esse tema que é sua especialidade.
Os distúrbios precisam ser diagnosticados precocemente e orientados adequadamente, para que o sono assuma sua função reguladora na saúde.


Reimão

Desenvolvimentos na prática clínica com o
Teste de Phillipson
José Tolentino Rosa e cols. (orgs.)
Vetor Editora


Este livro oferece um conteúdo enriquecedor e esclarecedor sobre as diferentes aplicações do Teste de Relações Objetais de Phillipson (TRO). As pesquisas com o TRO tem facilitado uma melhor compreensão do mundo mental de pacientes com patologias semelhantes, quanto a sentimentos, defesas e desejos utilizados consigo no par, no triângulo e no grupo de pessoas. Essa técnica projetiva, com conteúdo predominantemente humano em diferentes contextos, permite ao paciente projetar nas histórias contadas, por ele, sua maneira de enfrentar as relações intra e interpessoais desde o nível mais primitivo ao atualç propiciando ao terapeuta uma intervenção psicológica mais adequada e eficaz.
Dessa forma, este livro é recomendado aos psicólogos que trabalham com o TRO, assim como àqueles que trabalham com as populações aqui descritas, além daqueles em formação. Também pode contribuir para que os profissionais da área possam verificar a importância deste teste tanto para avaliação inicial de pacientes como facilitador do processo psicoterápico e seu acompanhamento.

Profa. Dra. Rita de Cássia Gandini
Universidade Federal de Uberlândia


Rosa

O real e seu duplo
Clément Rosset
José Olympio Editor


Se o real me incomoda e se desejo livrar-me dele, me desembaraçarei de uma maneira geralmente mais flexível, graças a um modo de recepção do olhar que se situa a meio-caminho entre a admissão e a expulsão pura e simples: que não diz sim nem não à coisa percebida, ou melhor, diz a ela ao mesmo tempo sim e não. Sim à coisa percebida, não às consequencias que normalmente deveriam resultar dela.


Rosset

Revista Ide 50 Carta
Sociedade Brasileira de Psicanálise

(...) A carta, na interioridade de sua elaboração, retira o sujeito da condição de Um e o coloca em contato com o Outro com o qual dialoga, reproduzindo nesse ato a gênese da construção do sujeito psíquico. Na passagem do imaginário pra o ato da escrita, o missivista, enquanto escreve, encurta distâncias, modifica o tempo, transforma ausência em presença. A carta, uma voz da intimidade, é um objeto que carrega consigo um vínculo. (..)


Este fragmento do Editorial da Revista IDE, da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo, aponta para um conteúdo precioso e íntimo no exercício de escrever para encontrar alguém, quem sabe, à espera da palavra. mfs

SBPSP

José Longman: Psicanálise Viva
Jamil Signorini e cols. (orgs.)
Corifeu Editora


Prefácio (fragmento)
Este livro apresenta textos escritos por José Longman e transcrições de suas comunicações orais e participação em eventos. Em verdade, esse livro mereceria ter sido publicado há mais tempo, mas surgir agora em nada reduz sua importância e atualidade. Organizá-lo, com as colaborações indispensáveis e preciosas de Ana Maria Santana Ziskind e Eliana Longman, foi a um só tempo um privilégio e uma satisfação, como já havia sido a longa e fraterna convivência com o autor. Pensei publicá-lo para permitir aos interessados uma visão abrangente de parte da produção com que José Longman nos brindou ao longo dos anos de sua atividade psicanalítica. A curiosidade permanente, o renovado interesse por tudo o que dissesse respeito à pessoa e ao relacionamento humano constituiam fonte de estimulação para que ele desenvolvesse conjecturas e originais formulações. Alguns dos textos agora reunidos já haviam sido publicados em locais diversos, porém para uma considerável quantidade e variedade de suas idéias permanecia inédita.


Signorini
(org.)

Psicoterapia Breve Operacionalizada
Teoria e Técnica
Ryad Simon
Casa do Psicólogo Editora


Dentre as várias contribuições apresentadas, destaca-se a concepção de correlação psicanalítico-adaptativa que utiliza um modelo de geometria analítica, aplicada à concepção de equação etiológica de Freud. Essa fórmula compõe uma figura geométrica a partir da qual o olhar treinado distingue os fundamentos da adaptação de determinado sujeito (após detalhado histórico de sua vida), permitndo formular uma hipótese prognóstica sobre o possível resultado da Psicoterapia Breve Operacionalizada (ou qualquer outra forma de psicoterapia). É apresentada uma nova forma de abordagem na concepção e no tratamento das crises adaptativas a partir de uma definição de bom senso pela qual as crises adaptativas podem ser compreendidas como vividas e enfrentadas de forma realística ou irrealística.


Simon

Câncer de mama: Vitória de mãos e mentes
Rubens Murilo de Athayde Prudencio
Rubens Marchioni - redator
Editora Totalidade


Este livro não traz a ótica técnica do especialista. Traduz o desejo de tornar mais próximo o universo das mulheres portadoras de câncer de mama - não como um número nas estatísticas -, o seu mundo emocional, a percepção que têm sobre seu próprio processo de adoecimento, a representação do câncer em sua vida, seus esforços em busca de tratamento, as mudanças ocorridas em sua rotina social e em suas relações familiares, seus anseios, medos e as dificuldades enfrentadas em consequência do desgastante tratamento.
Destinado não só às mulheres e a seus familiares, mas também a todo profissional envolvido nesse processo, como uma ferramenta social e emocional, que mostra o ser humano em toda a sua complexidade, despido, e sugere a possibilidade de um tratamento humanizado através de mãos e mentes trabalhando de maneira harmoniosa.
A história é baseada num conjunto de relatos pessoais de pacientes.


Prudêncio

O conto da ilha desconhecida
José Saramago
Companhia das Letras Editora


E a ilha desconhecida, perguntou o homem do leme, A ilha desconhecida não passa duma ideia da tua cabeça, os geógrafos do rei foram ver nos mapas e declararam que ilhas por conhecer é coisa que se acabou desde há muito tempo..."


Saramago

 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal